Protocolo de entrada COVID-19

Conheça todas as regras obrigatórias do protocolo de entrada na ilha.

Noronha para vacinados!

A ilha de Fernando de Noronha reabriu para o turismo a partir do dia 10 de outubro de 2020. Mas, como ainda vivemos em um momento de pandemia, a entrada de turistas deve ser feita de uma forma segura e responsável. Por isso, é importante que nossos visitantes estejam atentos as regras e protocolos para entrada no arquipélago.

O pagamento da TPA - Taxa de Preservação Ambiental, agora é feito SOMENTE ON-LINE.

Todos os visitantes devem realizar o pagamento da TPA pelo site www.sounoronha.com ou clicando aqui.

Após o preenchimento dos campos de cadastro solicitados e a conclusão do pagamento, é necessário que o visitante APRESENTE os documentos obrigatórios no PROTOCOLO DE ENTRADA EM NORONHA NO AEROPORTO - FN.

 

Nossa equipe receberá a documentação para análise NO MOMENTO DE SUA CHEGADA NA ILHA

Protocolo de Entrada em Noronha

(Protocolo para turistas, moradores e trabalhadores)

A partir do dia 02 de agosto de 2021, os viajantes podem enviar digitalmente e antecipadamente todos os laudos impressos dos exames através da solução Passe Verde incorporada ao pagamento on-line da TPA. 

Como o Passe Verde funciona?

Esta aplicação verifica previamente os dados enviados, emitindo um Certificado Digital de Verificação dos mesmos. Assim, os viajantes que optarem pelo serviço de verificação prévia Passe Verde, no momento do check-in, deverá ser verificado:

 

- O viajante com o Passe Verde deve ser "bipado" diretamente nos guichês de check-in e check-out, o desobrigando a passar em qualquer outra fila. 

Como funciona para os viajantes sem o Passe Verde?

Nestes casos, o procedimento permanece inalterado devendo ser "bipado" o Voucher TPA e realizada a verificação do laudo impresso conforme protocolo Covid-19 vigente.

Cadastre aqui o seu Passe Verde:

Noronha somente para VACINADOS:

Enquanto durar a pandemia, excepcionalmente, em vista da concrezação e exequibilidade do direito à saúde da sociedade noronhense e de seus visitantes, respeitadas as exigências impostas pela ATDEFN, referentes ao ingresso de pessoas à Fernando de Noronha, para o embarque no aeroporto de Recife-PE ou de Natal-RN ou no Porto/Aeroporto de origem, dever-se-á proceder no ponto de embarque, com a observância de apresentar cer​ficado de vacinação eletrônico, por meio de aplica​v os oficiais tais como, CONECT SUS, CONECTA RECIFE ou outros CREDENCIADOS pelo Governo do Estado de Pernambuco através do PASSE SEGURO PE, para esta finalidade. Em quaisquer um dos casos, a efetiva verificação deverá ser realizada através de consulta ao website do Ministério da Saúde ou das Secretarias de Saúde Municipais ou Estadual, com impressão da tela ou download de arquivo comprovando a autenticação.

Visitantes que já possuem as duas doses:

Quais são as regras obrigatórias?

  • Apresentar Carteira de Vacinação Digital que conste duas doses de vacina, sendo a última a mais de 21 dias ou vacina de dose única.

Visitantes que não possuem as duas doses:

Quais são as regras obrigatórias?

  • Apresentar Carteira de Vacinação Digital que conste uma dose de vacina mais um dos resultados abaixo:

 

1 - Resultado negavo de teste molecular RT-PCR realizado no máximo 48h (dois dias) antes do embarque;

2 - Resultado reagente de exame IgG por sorologia realizado em laboratório com menos de 90 dias ou resultado reagente de exame Anticorpos Neutralizantes realizado em laboratório com menos de 90 dias.

Visitantes abaixo dos 18 anos:

Quais são as regras obrigatórias?

  • Crianças e adolescentes de 7 (sete) a 17 (dezessete) anos, só devem apresentar resultado negavo de teste molecular RT-PCR realizado no máximo 48h (dois dias) ou resultado reagente de exame IgG por sorologia realizado em laboratório com menos de 90 dias ou resultado reagente de exame Anticorpos Neutralizantes realizado em laboratório com menos de 90 dias.

  • Crianças de 0 (zero) a 6 (seis) ficam dispensadas de realizar exames para detecção da COVID-19.

ATENÇÃO!​​

Não serão aceitos exames realizados por imunocromatografia, a exemplo os testes rápidos, assim com exame de busca de angeno.

A não apresentação do cerficado de vacinação eletrônico, quando do embarque no aeroporto em Recife-PE ou em Natal-RN, importará na proibição do seu ingresso na Ilha.

REGRAS GERAIS:

Após apresentação dos exames obrigatórios:

  • Visitante deve assinar o Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TCAC) firmado entre o passageiro, de um lado, e a ATDEFN e o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), de outro lado, concordando com os termos e comprometendo-se ao cumprimento do Protocolo e das orientações emanadas pela Vigilância em Saúde de Fernando de Noronha. A assinatura deverá ocorrer até o dia da data da viagem e antes do embarque no aeroporto ou porto de origem, essa assinatura pode ser realizada diretamente no site sounoronha.com no ato de pagamento da TPA.

  • No caso de impossibilidade fáca da assinatura antes do embarque - a exemplo de voos diretos (parculares ou comerciais) de origem fora do Estado de Pernambuco, a respecva assinatura do TCAC, bem como a comprovação do cumprimento da apresentação do inciso I, deverá ocorrer no ato do desembarque, no setor migratório, do Aeroporto Carlos Wilson ou no Porto de Santo Antônio, sob pena de não ser permido o ingresso na Ilha de Fernando de Noronha.

  • No caso de trabalhadores e/ou prestadores de serviço, o TCAC também deverá ser assinado pelo empregador ou contratante, assumindo responsabilidade solidária pelo cumprimento do TCAC por parte de seu empregado ou prestador de serviços.

  • Utilização obrigatória de máscara e uso do álcool em gel 70% e/ou lavagem das mãos.

Baixe agora a portaria detalhada do protocolo vigente: